DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

Nos últimos anos, conquistamos avanços para aumentar a representatividade entre os eleitos, tais como:

  • 30% das candidaturas preenchidas por mulheres  e tempo proporcional de propaganda eleitoral gratuita;

  • 30% do Fundo Eleitoral destinado para campanhas de mulheres;

  • Repasses de Fundo eleitoral e tempo de propaganda eleitoral gratuita para pessoas negras.

Agora, é preciso garantir que não haja retrocessos e que os mecanismos existentes sejam fortalecidos. Riscos e alertas incluem:

  • Redução dos avanços conquistados;

  • Diminuição da participação dos diversos grupos que compõem a sociedade

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

 

De acordo com dados do IBGE (2019), as mulheres representam 51,8% da população brasileira, mas a representatividade política não acompanha esse números:

  • Na Câmara dos Deputados, desde 2018, 15% são mulheres;

  • No Senado, 13% são senadoras.

  • Apesar da exigência legal mínima de 30% de candidaturas femininas, na última eleição apenas 33,3% eram candidatas mulheres entre Prefeitas e Vereadoras.

Caso a meta seja reduzida para 15% de assentos de mulheres no Parlamento, sem a manutenção da atual obrigatoriedade da reserva de vagas para candidaturas femininas, o que se verá é um retrocesso do quadro atual:

  • Na Câmara dos Deputados, esse número já foi alcançado, o que transformaria em teto o que deveria ser base;

  • O Brasil manterá a “lanterninha” entre os países latino-americanos no ranking de participação política feminina.

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

 

No Congresso Nacional, dos representantes eleitos em 2018, o quadro é o seguinte:

  • Apenas 4% dos deputados se autodeclaravam pretos e 21% pardos;

  • No Senado, 20% se declaram pretos ou pardos.

A decisão do TSE, em 2020, garantiu a proporcionalidade na distribuição dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) e do tempo de propaganda eleitoral gratuita no rádio ao total para candidatos negros. Nessa decisão também se destacou a importância da criação de uma legislação que promova as cotas raciais dentro da política. O legislativo contudo não acolheu em Lei esses avanços, nem demonstra disposição para ir além.

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

 

Em 2018 houve crescimento de 56% de candidatos que se declararam índios ou descendentes (TSE), ano em que a primeira mulher indígena foi eleita deputada federal. 

Nas eleições de 2020, 1% dos candidatos declararam ter alguma deficiência, contra 24% da população com a mesma característica (Censo de 2010).

A representatividade política é importante para que os debates a respeito de leis e políticas públicas também abarquem as prioridades dos diversos grupos que fazem parte da população. No debate atual, essa discussão é mínima.

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?

 

Em 2018 houve crescimento de 56% de candidatos que se declararam índios ou descendentes (TSE), ano em que a primeira mulher indígena foi eleita deputada federal. 

A legislação brasileira é bastante favorável aos partidos políticos e sua autonomia, o que é positivo, mas é necessário que as legendas possam ser questionadas e que haja processos democráticos dentro dessas instituições. 

Riscos e oportunidades incluem: 

  • Regras que dificultem renovar os representantes e as lideranças;

  • Regras que permitam processos internos fechados ou que blindem partidos de questionamentos judiciais por seus membros.

Também sugerimos: 

  • Aprimorar as regras de definição e transparência para distribuição do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), tornando transparência e uso diverso condições para seu recebimento (Art.16-C, §7º, Lei 9.504/1997).

  • Previsão legal de critérios mínimos para distribuição interna do FEFC e FUNPAR pelos partidos, de forma a proporcionar divisão democrática dos recursos entre os candidatos.

  • Inclusão de cotas de gênero e raça nas estruturas de direção partidária e nas candidaturas de eleições intrapartidárias.

DO THE AMAZON FIRES TARNISH BRAZIL’S IMAGE ABROAD?